A enorme variedade de formatos, cores, inspirações e tendências dos quadros têm gerado uma série de composições nas paredes, que vão desde uma mistura minimalista até algo mais elaborado, feito com peças refinadas e que, ao mesmo tempo, dão mais vivacidade e leveza a um cômodo. Apostar em quadros é um artifício muito utilizado para dar mais personalidade a um espaço , porém é necessário saber combinar os diferentes tipos de quadros para que o resultado seja harmônico e atinja o objetivo desejado.

fonte:https://www.tuacasa.com.br/composicao-de-quadros/

As possíveis combinações de quadros que listamos acima servem apenas como base para uma composição que você mesmo pode criar. Entretanto, alguns pontos devem nortear a sua escolha e serem utilizados como referência para não pecar na hora de decorar um espaço.

Altura

O eixo do quadro ou o centro da composição com vários quadros deve ficar na altura dos olhos, evitando que a pessoa tenha que levantar ou abaixar a cabeça para visualizá-lo. Uma boa altura é 1,60 m ou 1,70 m.

Posicionamento

Se a sua intenção for destacar uma peça marcante no espaço, como um sofá ou uma mesa de jantar, você pode centralizar um quadro grande com base nesse elemento. Entretanto, se pretender criar uma composição com diversos quadros, certifique-se de que eles estarão delimitados por um espaço equivalente a um quadro grande, conversando com o móvel de destaque no cômodo.

Proporção

“É recomendável que quadros maiores sejam posicionados em paredes maiores, para que, mesmo de longe, eles sejam vistos”, avalia Angélica. “Quadros pequenos podem ser posicionados em espaços que permitam a aproximação, mas é importante não deixá-los muito grudados uns dos outros”, complementa a arquiteta, enfatizando que é importante que cada peça transmita sua identidade. É essencial alinhá-los pela base ou, se a parede for retangular, manter o formato no momento de criar a composição.

Molduras

Uma composição mais descolada e moderna pode ser feita com molduras de diversos tipos. Colorida, de madeira, bronze, gesso… tudo fica bacana na hora de compor. “Entretanto, se o ambiente for mais sóbrio, molduras brancas ou pretas lisas, bem como as de madeira, são mais adequadas”, recomenda a arquiteta Angélica Duarte.

fonte:https://www.tuacasa.com.br/composicao-de-quadros/

ALGUMAS IDÉIAS E INSPIRAÇÕES:

1. Ambiente moderno e leve

Foto: Reprodução / Rejane Dubeux Arquitetura

2. Composição com quadros também no quarto

Foto: Reprodução / Bruna Sessa

3. Apenas encostados na parede

Foto: Reprodução / Mariane e Marilda Baptista

4. Quadros de mesma temática ficam perfeitos em um ambiente sóbrio

Foto: Reprodução / Hildebrand Silva Arquitetura

5. Que tal essa composição cheia de cor?

Foto: Reprodução / Francisco Valle

6. Quadros na prateleira acompanhando o tamanho do móvel

Foto: Reprodução / Flavia Calina

7. Emoldurados com vidro

Foto: Reprodução / Duda Senna

8. Molduras iguais dão unidade às peças

Foto: Reprodução / Carol Cantelli

9. Composição com apenas dois quadros

Foto: Reprodução / Carol Cantelli

10. Um living super elegante

Foto: Reprodução / VCS Arquitetos Associados

11. Quadros com dizeres:

Foto: iStock

12. Quadros que se complementam

Foto: Reprodução / Stancati Arquitetura

13. Combinação moderna

Foto: Reprodução / Carolina Ouro

E aí? Já sabe como montar uma composição em um ambiente especial da sua casa? Com bom gosto, alguns cuidados em relação a tamanho, cores e inspirações e uma pitada de ousadia é possível fazer uma linda e encantadora combinação de quadros!

fonte:https://www.tuacasa.com.br/composicao-de-quadros/